Descubra como manter a diabetes controlada

Descubra como manter a diabetes controlada

Como manter a diabetes controlada? Assim como ocorre com outras doenças, no diabetes, seu controle e sintomas variam de pessoa para pessoa. Por isso o tratamento também pode variar de acordo com o paciente, mas os princípios continuam os mesmos, visando corrigir a falta ou deficiência de insulina e diminuir os níveis de glicose no sangue.
Pacientes diagnosticados com diabetes tipo 1 precisam tomar doses de insulina prescritas pelo médico todos os dias. Além disso, é ideal que seja feito também um controle dos níveis de glicose no sangue que pode ser realizado através de medição via glicosímetro. O médico deve elaborar um cronograma para a realização destes testes em casa. Ele pode ainda definir metas relativas as taxas de glicose do paciente que o ajudarão a definir uma dieta voltada para o cumprimento daquelas metas.
O cuidado com a alimentação, buscando evitar as fontes de açúcar e carboidratos simples também é necessário quando falamos de diabetes tipo 1.
No caso de pessoas com diabetes tipo 2, a diminuição da ingestão de açúcar é super importante para o controle da doença. O paciente deve fazer uma mudança de hábitos, buscando se exercitar com regularidade, tendo uma dieta mais saudável e evitando o consumo de álcool e tabaco. Em alguns casos, para complementar o tratamento, o médico pode receitar remédios que vão controlar a glicose no sangue. Quando a combinação de mudança de estilo de vida aliada aos remédios não alcança os resultados necessários, doses diárias de insulina podem ser recomendadas, assim como nos pacientes com diabetes tipo 1. Além disso, controle dos níveis de glicose também pode ser solicitado aos diabéticos tipo 2.
Como o diabetes tipo 2 está associado à outras comorbidades como obesidades, hipertensão e colesterol alto, o tratamento desses outros fatores também é fundamental para o controle da doença. Quando o paciente com diabetes tipo 2 não apresenta resposta às opções de tratamento clínico e apresenta um quadro de obesidade, pode ser indicada a cirurgia metabólica. Nela ocorre o mesmo procedimento da cirurgia bariátrica, mas visando o controle da diabetes.

Como manter a diabetes controlada: Alimentação

Os diabéticos devem evitar os carboidratos, mesmo os complexos, que são considerados saudáveis e podem ser encontrados na aveia, batata, mandioca, arroz e outros. Mesmo esses, quando consumidos em excesso estimulam o aumento da glicemia.
Esses pacientes devem dar preferência à grãos integrais, carnes, leguminosas, frutas em geral, castanhas, amendoins e gorduras boas (encontradas no abacate, azeite de oliva e etc). Tudo isso, é claro, não deve ser levado tão ao pé da letra. Algo definitivo como: “Tenho diabetes e nunca mais vou poder comer doce”, não existe. Se a pessoa faz um bom controle da doença, ela pode sim, em determinadas ocasiões, consumir doces e carboidratos, mas sem excesso, e somente se a doença estiver controlada.
Em se tratando de bebidas alcoólicas, como já apontamos, o ideal é que sejam evitadas pelos diabéticos, mas caso a pessoa tenha dificuldades em suspender o consumo imediatamente ou quiser manter a prática socialmente, conforme a Associação Brasileira de Diabetes, alguns cuidados devem ser seguidos. São eles; não beber mais do que duas doses bebidas alcoólicas em um período de um dia, se for homem, ou uma dose, se for mulher; beber álcool apenas com comida; beber devagar; evitar bebidas açucaradas, vinhos doces ou cordiais e sempre usar uma identificação de pessoa com diabetes quando sair.
Essa recomendação de utilizar uma identificação é válida mesmo que a pessoa não beba, pois em casos de emergência, os profissionais de saúde que te atenderem, sabendo que se trata de um paciente com diabetes, saberão melhor como proceder.

diabetes

Como manter a diabetes controlada: Exercícios Físicos

A recomendação de exercícios físicos para quem é diabético não é só por que este é um hábito saudável que ajuda a manter o peso; as atividades físicas também auxiliam no controle glicêmico. Como durante os exercícios necessitamos de energia, há um gasto muito maior de glicose, o que diminui os níveis glicêmicos no sangue.
Exercícios aeróbicos como caminhada, corrida, natação e ciclismo são alguns dos quais contribuem bastante para esse controle, por exigirem energia rápida.

Como manter a diabetes controlada: Fatores de Risco

Sempre ressaltamos a forte associação entre a obesidade como fator de risco para o surgimento de doenças como o diabetes, mas além do excesso de peso, existem outros fatores que podem contribuir para o surgimento dessa doença, principalmente do tipo 2.
Se o paciente possui histórico de pessoas diabéticas na família, esse é um motivo de alerta. Além disso, depois dos 45 anos, também é necessário estar mais atento aos hábitos e à prevenção do diabetes, uma vez que com o avanço da idade o corpo passa a produzir menos insulina. Condições pré-existentes como colesterol alto e hipertensão também são fatores de risco, além da obesidade já citada.
A Síndrome do Ovário Policístico (SOP) também é um fator a qual se deve estar atendo por ser propiciante ao surgimento de diabetes. Caso a pessoa tenha algum desses pré-diagnósticos, o ideal é que busque aderir à uma dieta mais saudável e à prática de exercícios físicos, esteja atenta à possíveis sintomas de diabetes e faça um acompanhamento médico regular.
Apesar de estudos apontarem alguns fatores genéticos que propiciam o surgimento da diabetes, é fato que o estilo de vida também é decisivo na hora de se prevenir da doença.

Como manter a diabetes controlada: Como se prevenir

Como sabemos, o diabetes está totalmente relacionado à altos níveis de açúcar no sangue. Por isso, controlar a ingestão de doces, bebidas açucaradas, como refrigerantes, carboidratos e massas é necessário e só tem a contribuir para quem busca prevenir-se.
A prática regular de exercícios físicos também é muito positiva a fim de evitar a diabetes, principalmente se a pessoa tem gordura abdominal, que favorece a resistência à insulina.
Também é recomendável que a pessoa evite o tabagismo e a bebida em excesso. Bebidas alcoólicas costumam ser muito calóricas e favorecem o acúmulo de peso, fator de risco para diabetes tipo 2. Já o cigarro interfere no funcionamento das células do pâncreas, responsáveis pela produção de insulina.
Em todos os casos é necessária a avaliação de um especialista, que irá te acompanhar e tirar suas dúvidas.
como manter a diabetes controlada

Artigos mais recentes
Assine a Nutroendo News
Onde estamos

Bom Jesus do Itabapoana

Rua Ten. José Teixeira, 488

Centro | Bom Jesus do Itabapoana

Rio de Janeiro | CEP: 28360-000

AGENDE UMA CONSULTA

Abrir Chat
Olá. posso ajudar?
Olá,
Posso ajudar?