Dificuldade para praticar exercícios por causa do excesso de peso: o que fazer?

Dificuldade para praticar exercícios por causa do excesso de peso: o que fazer?

Pessoas com obesidade que sentem muita dificuldade para realizar alguns exercícios talvez não saibam, mas existem explicações médicas sobre porque isso ocorre.

Sedentarismo

A primeira delas é em relação ao sedentarismo. Se o paciente tem um quadro de obesidade que deriva do sedentarismo, no início praticamente todas as práticas de exercício físicos serão muito difíceis para ele realizar. Isso inclui falta de ânimo, disposição, energia e fôlego de um corpo que está desacostumado a estar em movimento.
O despreparo físico também pode fazê-lo sentir falta de ar e batimentos mais acelerados que o normal durante o exercício.

Condições físicas

Além do fato de seu corpo estar sedentário, há fatores de saúde de corporais que tornam a realização de determinadas atividades ainda mais difíceis para pessoas obesas.
As articulações delas sofreram por anos sustentando o corpo com excesso de peso. Por isso, quando esse paciente realiza uma atividade de impacto, como correr por exemplo, a pressão sobre suas articulações é muito intensa. Quando a pessoa pisa durante a corrida, a força que retorna para suas articulações é três vezes o seu próprio peso, gerando uma super pressão nessa região.
Mobilidade reduzida por causa da obesidade, assim como alterações musculoesqueléticas, mal-alinhamento, encurtamentos musculares e artrose também diminuem a facilidade e capacidade de realização de exercícios.
Por essa razão, algumas práticas podem ser realmente desgastantes e, sem o acompanhamento adequado, a pessoa pode acabar se machucando.

Causas hormonais

Assim como esses, outro fator que pode impactar negativamente na prática de exercícios físicos são as alterações hormonais que as pessoas obesas podem ter, como resistência a insulina, alterações tireoidianas e dos hormônios sexuais. Essas disfunções também poderão influenciar principalmente nos resultados que o paciente busca conseguir através dos exercícios.

Causas emocionais

Quadros de depressão e ansiedade, que podem estar associados à obesidade ou derivarem da baixa autoestima causada pelo excesso de peso, também são, muitas vezes, empecilhos na hora de praticar um exercício físico.
Podem gerar falta de motivação nas atividades, tanto pela vergonha do próprio corpo, quanto pelo desânimo e/ou pânico de frequentar um ambiente de atividades, ou de se expor durante um exercício.
A boa notícia é que os exercícios físicos também ajudam a aliviar sintomas de ansiedade, depressão, estresses e outras doenças emocionais. Em texto recente publicado aqui no meu site, comentei sobre a vergonha de ir na academia. Lá falo sobre questões como a exposição do corpo e dicas sobre como superar essas barreiras sociais e emocionais e não deixar elas impedirem a pessoa de focar em seu próprio bem estar e saúde.

O que fazer

Para diminuir a dificuldade na hora de praticar atividades físicas, tente investir em exercícios aeróbicos, pois eles trabalham de forma contínua e não muito intensa todo o corpo, assim você não sentirá tanto impacto em uma só região.
Busque também checar como anda seus níveis hormonais e se você possui alguma disfunção que tem dificultado sua prática.
Não se esqueça de consultar profissionais em todas as etapas, inclusive para a realização dos exercícios, assim terá mais chances de se adaptar melhor e não se machucar.
Busque uma atividade de que você goste! Uma atividade física que seja prazerosa para você com certeza será mais adaptável em sua rotina.
E o principal, não se desmotive se no início você não tem condicionamento físico desejável. Busque evoluir a cada dia. Assim será também no seu tratamento para obesidade.

Artigos mais recentes
Assine a Nutroendo News
Onde estamos

Bom Jesus do Itabapoana

Rua Ten. José Teixeira, 488

Centro | Bom Jesus do Itabapoana

Rio de Janeiro | CEP: 28360-000

AGENDE UMA CONSULTA