Hábitos que prejudicam a saúde da tireoide

tireoide

Além de ser prejudicada pelos maus hábitos que afetam todo o nosso corpo, como cigarro, excesso de álcool e má alimentação, a saúde da nossa tireoide também depende de alguns hábitos específicos do nosso dia a dia.

Apesar de a maioria das causas de distúrbios tireoidianos serem doenças autoimunes, que não podem ser prevenidas, algumas atitudes podem beneficiar a saúde da sua tireoide. E é sobre isso que falaremos nesse texto.

Intestino

Alterações na microbiota intestinal podem gerar uma desordem do sistema imunológico e consequentemente uma pré-disposição maior ao desenvolvimento de doenças autoimunes, inclusive a tireoidite de Hashimoto, causa primária de hipotireoidismo. Por isso, é importante cuidar da saúde do intestino.

Medicamentos

O uso prolongado de alguns medicamentos também influencia diretamente no funcionamento da tireoide. Alguns destes remédios possuem compostos químicos que contém substâncias que podem atrapalhar a absorção de iodo necessária para o funcionamento da glândula. Entre os compostos químicos que possuem esse efeito adverso estão flúor e cloro. Alguns ansiolíticos e antiarrítimicos podem possuir esses compostos.

O ideal é avaliar se, após o uso desses medicamentos, sintomas de hipotireoidismo, como aumento de peso, desânimo e queda de cabelo, começaram a aparecer.

Flúor

Como já dito, o flúor atrapalha a absorção de iodo. É difícil dizer para evitar o flúor a fim de preservar a saúde da tireoide, porque ele possui benefícios e por isso é adicionado à água tratada que bebemos. Mas pode-se, pelo menos, optar por evitar muitos produtos compostos por flúor.

Cloro

O cloro causa o mesmo efeito adverso do flúor no organismo. Nossa pele, quando em contato prolongado com ele, acaba absorvendo quantidades prejudiciais à tireoide. Por isso, deve-se evitar utilizar muito cloro em piscinas ou ficar muito tempo exposto à água com cloro.

Alimentos goitrogênicos

Alimentos goitrogênicos, também chamados de crucíferos, quando consumidos muito em excesso por um longo período e, principalmente se forem crus, se tornam um fator de risco para a saúde da tireoide, visto que também possuem substâncias que dificultam a absorção do iodo. Esses alimentos não devem ser ingeridos crus diariamente. Essa é a principal recomendação.

Exemplos de alimentos goitrogênicos são:

  • Couves em geral (bruxelas, manteiga, chinesa, flor);
  • Repolhos;
  • Brócolis;
  • Rabanetes;
  • Nabos;
  • Soja.

A soja possui fitoestrógenos que diminuem a ação dos hormônios tireoidianos e também afetam a síntese dele, por isso é considerada um alimento prejudicial à tireoide, que predispõe ao hipotireoidismo e bócio (aumento anormal e crônico da tireoide).

O que fazer

Se há hábitos e elementos a se evitar, há também aqueles que contribuem com o funcionamento e manutenção da glândula tireoide. O principal deles, como você pode imaginar, é o iodo.

A deficiência de iodo é um dos principais causadores de disfunções tireoidianas e bócio. Principalmente em países mais pobres. Por isso, no Brasil, todo o sal comercializado possui quantidades de iodo necessárias para integrar nossa alimentação.

Consumir sal iodado diariamente já é suficiente para manter os níveis adequados desse elemento.

Como cada organismo é único, tomar todos esses cuidados não garante que a pessoa não terá problemas na tireoide, mas com certeza diminui as chances.

Artigos mais recentes
Assine a Nutroendo News
Onde estamos

Bom Jesus do Itabapoana

Rua Ten. José Teixeira, 488

Centro | Bom Jesus do Itabapoana

Rio de Janeiro | CEP: 28360-000

AGENDE UMA CONSULTA