Tipos de obesidade

obesidade

É comum nos referirmos à obesidade como sendo um termo geral para classificar o excesso de peso. Mas a verdade é que podem existir tipos específicos de obesidade conforme a distribuição de massa e gordura no corpo.
A partir disso, define-se a obesidade em três tipos principais, sobre os quais vou falar nesse texto.

Obesidade abdominal

Nesses casos, a massa e gordura corporal fica mais depositada e concentrada na região do abdômen e cintura. A obesidade abdominal é mais comum em homens e em mulheres após a menopausa. Ela também é um tipo de obesidade especialmente perigoso, pois é um fator de risco para doenças cardiovasculares, como AVC e infarto. A obesidade abdominal também geralmente aumenta o risco de colesterol e triglicérides altos, resistência a insulina e diabetes, gordura no fígado e hipertensão.

Uma das formas de atestar a obesidade abdominal é através da
medida da circunferência abdominal, medição feita por especialista que avalia a gordura no abdômen. É apontada como obesidade abdominal quando a circunferência da cintura é maior que 94 cm em homens e 80 cm em mulheres.

Obesidade periférica

A obesidade pode ser ainda do tipo periférica, quando o volume se localiza nos membros inferiores, coxas, quadril e nádegas. Esse tipo de obesidade é mais comum nas mulheres, pois tem relação com o perfil de estrogênio, hormônio que é produzido em maior quantidade pelo organismo feminino.

A obesidade periférica também pode estar associada a problemas de saúde, principalmente pela sobrecarga nas articulações. Além disso, ela aumenta o risco de problemas circulatórios, insuficiência venosa e varizes.

A distribuição da gordura corporal na obesidade também pode ser homogênea, em que a gordura se localiza tanto na região abdominal quanto nas regiões dos membros posteriores e inferiores.

Inclusive, existe um cálculo que considera a relação cintura-quadril (RCQ) que possibilita, a partir das medidas da cintura e do quadril, prever o risco da pessoa de vir a doença cardiovascular, diabetes pressão alta, AVC e infarto. O cálculo é feito a partir da pessoa, gênero e suas medidas do quadril e cintura.

Obesidade homogênea

A obesidade homogênea é o nome dado ao tipo de obesidade em que a massa e gordura não são predominantes em uma área específica e se distribuem homogeneamente pelo corpo. Justamente por não ser concentrada, a obesidade homogênea pode não ser tão notável, o quem muitos casos é perigoso. As pessoas tendem a negligenciar esse tipo de obesidade por não se destacar tanto esteticamente, mas os perigos à saúde continuam existindo e os cuidados continuam sendo necessários. No caso da obesidade homogênea, avaliar o IMC é ainda mais essencial, visto que o excesso de peso pode não estar tão evidente.

Tratamento

Independente do tipo de obesidade, o tratamento sempre vai se basear em orientações clínicas de especialistas, mudanças de hábitos alimentares e e prática de exercícios físicos.
Mas também tratar as condições correlatas e praticar exercícios físicos focados naquela região onde há maior concentração de gordura também é uma questão importante.

Paciente incomodados com a gordura localizada podem optar por cirurgias de remoção de gordura nessas regiões, mas vale ressaltar que elas não tratam o problema. O tratamento para obesidade ainda se faz necessário.

Artigos mais recentes
Assine a Nutroendo News
Onde estamos

Bom Jesus do Itabapoana

Rua Ten. José Teixeira, 488

Centro | Bom Jesus do Itabapoana

Rio de Janeiro | CEP: 28360-000

AGENDE UMA CONSULTA