Como os níveis de gordura afetam seu sangue

Como os níveis de gordura afetam seu sangue

Gordura no sangue: No mês de junho é comemorado o Dia Mundial do Doador de sangue, com destaque para a importância das doações para a manutenção dos bancos de sangue por todo o país. Porém, infelizmente, além dos baixos números de doações, os hemocentros em várias regiões do país também sofrem com um outro problema: a má qualidade do sangue coletado, que impossibilita o seu uso em transfusões.
E o pior é que um dos motivos pelo qual algumas bolsas são descartadas é o excesso de gordura presente no sangue coletado. Esse processo tem se tornado tão frequente que tem até nome. Se chama “descarte de plasma por lipemia”.
E tem se tornando frequente justamente por que reflete os padrões alimentares de boa parte das pessoas. Ou seja, é um resultado visível da má alimentação, rica em gorduras.
Quando temos uma alimentação inadequada e hábitos pouco saudáveis, nosso fígado produz colesterol “mau” (LDL) em altas quantidades, e este passa a integrar nosso sangue, o que chamamos de gordura no sangue.

Riscos

O excesso de gordura no sangue propicia o desenvolvimento de obesidade e aumenta o risco de aterosclerose, doença caracterizada por um processo infamatório causado pela formação de placas de gorduras nas artérias.
Consequentemente, o excesso de gordura no sangue também aumenta consideravelmente o risco de doenças cardiovasculares, como infarto e AVC. E além de tudo isso, torna esse sangue, quando doado, inutilizável para transfusões. Tanto é que alguns hemocentros no Brasil estimam que cerca de 15% das doações de sangue recebidas são descartadas por lipemia.
Por isso, recomenda-se que pelos menos dois a três dias antes de realizar a doação, a pessoa faça uma dieta balanceada, pobre em gordura.

Verificando o nível de gordura no sangue

A forma mais eficaz de verificar como andam os níveis de gordura no sangue é através de exames de sangue de rotina, que devem ser realizados pelo menos uma vez por ano, com indicação médica e de preferência dentro de um acompanhamento médico regular desses índices.
Apesar de os valores de referência para os níveis de lipídeos (gordura) no sangue, poderem variar conforme alguns fatores, para ser considerado um percentual saudável os números devem ser de:
Nível de colesterol total menor que 5 ml por litro ou 200 miligramas por decilitro de sangue;
Nível de colesterol HDL acima de 1 ml por litro de sangue;
Nível de colesterol LDL inferior a 3 ml por litro ou 130 miligramas por decilitro de sangue;
Níveis de triglicerídeos abaixo de 1,7 ml por litro ou 150 miligramas por decilitro de sangue.
Gordura no sangue

Prevenindo

O excesso de gordura no sangue é causado pelos mesmos fatores que citamos quando falamos das causas do colesterol alto. Ou seja, para evitá-lo é necessário priorizar uma alimentação com baixo consumo de frituras e diminuir a ingestão de óleo e alimentos gordurosos como bacon, embutidos (mortadela, presunto, salsichas, etc) e outros.
E se você já sofre com colesterol alto, faça um controle efetivo através de dieta e com orientação médica. Assim, não estará só garantindo um sangue saudável, mas também saúde para todo o seu corpo.

Artigos mais recentes
Assine a Nutroendo News
Onde estamos

Bom Jesus do Itabapoana

Rua Ten. José Teixeira, 488

Centro | Bom Jesus do Itabapoana

Rio de Janeiro | CEP: 28360-000

AGENDE UMA CONSULTA

Abrir Chat
Olá. posso ajudar?
Olá,
Posso ajudar?