Mitos sobre o diabetes

diabetes

Assim como ocorre com a obesidade, muitos mitos foram construídos a respeito do diabetes, levando as pessoas a buscarem curas mágicas ou acreditando em algum tipo de restrição.
O diabetes é uma doença crônica (que não tem cura) e, se não for tratado corretamente, conforme as orientações de um especialista, pode trazer consequências graves, por isso informação verdadeira sobre essa doença é importante.

Nesse texto irei falar um pouco mais sobre os principais mitos a respeito do diabetes!

Os mitos sobre o que os diabéticos podem ou não comer

Mito – Diabéticos não podem comer doces

Aposto que você já deve ter ouvido falar que quem tem diabetes tem que passar longe dos doces. Mas não é bem assim!

A recomendação é ter atenção e moderação e consumir doces apenas em pequenas quantidades e ocasionalmente conforme a orientação do profissional que te acompanha. Os doces não possuem uma quantidade considerável de fibras em sua composição e podem elevar muito a glicose no sangue. Por isso a moderação é importante.

Mito- Diabéticos não podem consumir frutas.

Apesar de também terem frutose, que é um açúcar natural, as frutas podem sim ser consumidas por quem é diabético, mas também com moderação e atenção, pois em excesso podem causar descontrole da glicemia. Vale lembrar que nem todas as frutas são iguais, algumas têm mais fibras, como as laranjas e maçãs, e são essas que devem ser priorizadas na hora do consumo.

Mito – Diabéticos podem substituir o açúcar por mel e consumi-lo à vontade.

Assim como as frutas, o mel tem frutose e também alto teor de glicose. Seu consumo, portanto, também precisa ser eventual e estar dentro de uma dieta prescrita pelo especialista.

Alguns alimentos ajudam a controlar a glicemia

Dietas mirabolantes de internet, como as que restringem carboidrato ou oferecem um produto ou receita milagrosa para controlar a glicemia, não merecem crédito. Mas existem sim algumas formas de, no dia a dia, priorizar alimentos e preparos que ajudam a equilibrar os níveis glicêmicos.

Por exemplo, chá, café e canela (sem açúcar), possuem propriedades antioxidantes que, apesar de não haver comprovações cientificas sobre isso, podem ajudar a equilibrar os níveis glicêmicos durante o dia entre uma refeição e outra.

É verdade também que o preparo dos alimentos pode alterar seu nível glicêmico, por exemplo, fazer suco da laranja faz com que o teor glicêmico da fruta seja maior do que quando consumida pura, com o bagaço, que é rico em fibra.

Além disso, dar preferência a alimentos integrais, não processados e ricos em fibras, também é uma boa opção, pois eles têm uma taxa glicêmica menor.

Já nas refeições, é importante incluir proteínas e gorduras boas aliadas ao carboidrato, pois essas proteínas e fibras retardam a absorção de carboidrato, impedindo o aumento súbito da glicose.

Estereótipos sobre o diabetes

Mito- Só pessoas obesas e acima do peso têm diabetes.

Apesar de o excesso de peso contribuir sim para o desenvolvimento da resistência à insulina e do diabetes tipo 2, não vale afirmar que só pessoas obesas podem desenvolver a doença . Pessoas magras também podem ter diabetes e há outros fatores que influenciam o surgimento da doença, como tabagismo, sedentarismo, e outros.

Converse com seu especialista para esclarecer mais dúvidas e busque sempre informação correta sobre o diabetes!

Artigos mais recentes
Assine a Nutroendo News
Onde estamos

Bom Jesus do Itabapoana

Rua Ten. José Teixeira, 488

Centro | Bom Jesus do Itabapoana

Rio de Janeiro | CEP: 28360-000

AGENDE UMA CONSULTA